ELASTÔMERO DE POLIURÉIA - ImpermeabilizaÇÃO E REVESTIMENTO DE SECAGEM RÁPIDA

 

APLICAÇÕES


Bacias de contenção e estações de tratamento | Reservatórios e redes de distribuição de água Lajes e arquibancadas | Piscinas e tanques de água potável |

Canais de irrigação e galerias fluviais | Esferas | Caçambas de picapes


 


 





A poliuréia, nos segmentos de impermeabilização e revestimento protetivo, é uma das maiores inovações tecnológicas.

 

Consiste na reação química de isocianato à base de MDI (aromático) ou HDI (alifático) com amina super reativa.


A maioria das aplicações é feita com poliuréia híbrida, formulação composta por MDI, amina e poliol.

 

VANTAGENS:
1. Cura rápida ( acontecendo, no máximo, em 1 minuto, sem a necessidade de catalisadores).
2. Insensibilidade à umidade;
3. Resistências mecânica e química
4. Aplicação sob qualquer condição climática
5. Pode ser aplicada em substratos úmidos (reação rápida).
6. Liberação da área em tempo reduzido (três horas) após sua aplicação.

 

UTILIZAÇÃO:
Impermeabilizar locais com ou sem concreto como bacias de contenção, reservatórios de água, lajes, piscinas, tanques de água potável, canais de irrigação, galerias fluviais, etc., sendo ideal em locais que necessitam de liberação rápida da área já que possui velocidade de cura.

 

DURABILIDADE:
Impermeabilizações com poliuréia possuem expectativa de durabilidade de 25 a 30 anos, sem a necessidade de manutenções periódicas.

 

CARACTERÍSTICAS:
Alto módulo de alongamento e compressão (altamente resiliente).

 

PROPRIEDADES:

1. Cura rápida.

2. Resistência Química e Elasticidade.
“A impermeabilização com poliuréia evita que a substância química penetre no concreto e no solo, contaminando-os”, O material resiste bem a óleos minerais, água, gasolina, álcalis, entre outros. Mesmo em situações em que se trabalhe com produtos químicos altamente corrosivos, a poliuréia pode ser aplicada, contanto que a substância química seja retirada da bacia de contenção com regularidade.

3. Alto módulo de elasticidade (alongamento e compressão), permitindo que o revestimento acompanhe a movimentação do material. A capacidade de alongamento pode superar 300%, enquanto a de resistência ao impacto pode ser superior a 150%. Os sistemas de poliuréia são 100% sólidos. Dessa forma, elimina-se a necessidade de aplicação de multicamadas e o cálculo de rendimento do material é mais fácil. Além disso, os sistemas são isentos de solventes, sendo, portanto, ecologicamente corretos.


4. Estabilidade térmica até 121 oC.


5. Resistência ao intemperismo.


6. Pigmentação e aditivo.


Os isocianatos aromáticos são sensíveis à luz solar e sofrem, quando expostos, a degradação de suas propriedades mecânicas. Portanto, a estabilização do material com aditivos bloqueadores dos raios ultravioletas é fundamental. Pigmentos também podem ser acrescentados na fórmula, permitindo impermeabilizações com acabamento em diversas cores.

 

OUTRAS APLICAÇÕES:

Piscinas, dispensando o uso de argamassa e azulejo.


Um lago artificial de pedras e revestimento de poliuréia, sem a necessidade de realizar escavações ou buracos na terra.


Arquibancadas de concreto de estádios de futebol, telhados, barragens, usinas nucleares, estradas de concreto, viadutos, portos, diques, lagoas artificiais, túneis, caçambas de picapes, proteção contra a ação da água salgada em maquinaria marítima e decks de navios, pisos de câmaras frias e contenção em barragens são outros exemplos de aplicação de poliuréia

 

 

.

 


APLITEK ISOLAMENTOS TÉRMICOS LTDA
Rua Engº Fernando de Abreu Pereira, 519 - Bairro Passo da Mangueira - CEP 91130-030 - Porto Alegre - RS - Brasil
Tel. (51) 3365-2006 | Fax (51) 3344-3549 | E-mail: info@aplitek.com
Rua João Friggi Filho 63 - Bairro Vista Verde - CEP 12223-580 - São José dos Campos - SP - Brasil
Tel. ( 11)4063.3361 | Email: info@aplitek.com